Auxílio Brasil 2022 – Aumento liberado para quem está no Cadúnico

Auxílio Brasil 2022 – Aumento liberado para quem está no Cadúnico

Auxílio Brasil 2022 – Aumento liberado para quem está no Cadúnico

O Auxílio Brasil 2022, programa do Governo Federal, milhões de famílias e vai continuar ajudando a população. Isso porque, até o final deste ano, os beneficiários poderão contar com aumento na parcela, antes de R$ 400,00, para R$ 600,00 a partir de agosto. Com este reajuste o governo vai investir cerca de R$ 26 bilhões.

Apenas os cadastrados no Cad Único poderão contar com o benefício do Auxílio Brasil para o segundo semestre de 2022. Se ainda não se cadastrou pode fazer o cadastro gratuitamente de maneira bastante simples através o aplicativo Cadastro Único. O Governo Federal, pretende garantir o aumento, ao menos, até dezembro de 2022.

Hoje, o Auxílio Brasil 2022 substitui o Bolsa-Família, e o programa beneficia por volta de 19 milhões de famílias que estão na linha da pobreza. Desse modo, saber como se inscrever no programa para receber o benefício também é uma informação essencial. Assim, vale a pena conhecer o que mudou e quem terá direito ao aumento do Auxílio Brasil 2022.

Auxílio Brasil 2022 – Aumento liberado para quem está no Cadúnico
Auxílio Brasil 2022 – Aumento liberado para quem está no Cadúnico

Auxílio Brasil 2022 – O que mudou

O Auxílio Brasil 2022 foi uma das melhores notícias para os brasileiros após a pandemia de Covid-19. Substituindo o antigo Bolsa-Família, é a renda de mais de 19 milhões de famílias pelo país. Neste sentido, o aumento do valor do programa garantirá uma melhor qualidade de vida para quem recebe, pelo menos até o final do ano.

Desde o lançamento do Auxílio Brasil, o Governo Federal anunciou que o programa deveria se tornar permanente e pagar um valor de até R$ 400,00 por família. Tanto é, que o novo benefício substituiu o Bolsa-Família, que era a principal renda de milhões de famílias no Brasil. Mas a boa notícia é que o senado aprovou o aumento desde benefício para R$ 600,00.

Assim, diante da última ordem do presidente Jair Bolsonaro, o Governo Federal define as parcelas de R$600 até dezembro de 2022. As parcelas de R$ 600,00 serão pagas de agosto a dezembro, portanto, em janeiro de 2023 volta ao valor de R$ 400,00.

Pagamento de R$ 720,00 em agosto

As mudanças dos valores do Auxílio Brasil 2022 vieram através de uma PEC que ainda está em tramitação. Mas já recebeu a aprovação do senado. O texto prevê o aumento do Vale Gás, outro benefício do Governo Federal, no qual tem pagamentos bimestrais. Portanto, o último pagamento o correu em junho, no valor de R$ 53,00.

Com o aumento do Vale Gás e Auxílio Brasil, milhares de famílias vão receber o valor de R$ 720,00 em agosto. Somando assim, R$ 600,00 do Auxílio Brasil 2022 e R$ 120,00 da parcela do Vale Gás. Pois, o calendário permanecerá o mesmo.

Por outro lado, nem todas as famílias que recebem o Auxílio Brasil também recebem o Vale Gás. Isso porque, o pagamento do Vale Gás ocorre apenas para famílias selecionadas pelo Governo de acordo com a renda. Contudo, não custa lembrar que a inclusão deste benefício depende do registro no Cadastro Único, que pode ser efetuado no aplicativo.

Auxílio Brasil 2022 – Quem terá direito ao aumento?

Com o aumento do Auxílio Brasil 2022, muitas pessoas se perguntam como receber o reajuste. Neste sentido, a boa notícia é que a prorrogação do benefício atingirá todos as pessoas que já possuem cadastro no CadÚnico. Ou seja, todas as mais de 19 milhões de famílias inscritas terão o aumento garantido até dezembro de 2022.

O Governo Federal deve pagar as demais parcelas de R$ 600,00 (até 12/2022) nos últimos 10 dias úteis de cada mês. Dessa forma, é importante conferir o calendário de pagamento para saber o dia de receber o benefício. A data, é definida de acordo com o último número antes do hífen do NIS.    

Todas as famílias que já estão inscritas no Cadastro Único, já recebem o Auxílio Brasil desde novembro de 2021. Mas este não é o único requisito para recebimento, afinal, o foco é ajudar famílias de baixa renda. Neste sentido, o governo também considera a renda per capta para garantir o cadastro no programa que não pode ultrapassar R$ 210,00.

Como se inscrever para receber o benefício

Apesar de já atingir mais de 19 milhões de famílias, com destaque para as regiões Nordeste e Sudeste, o Governo Federal espera que mais famílias entrem a cada mês. Além de zerar a fila de espera. Dessa forma, é importante saber como se inscrever para começar a receber o benefício. Como dissemos, em primeiro lugar, é preciso preencher os requisitos para um dos benefícios que compõem o programa.

Em segundo lugar, é preciso fazer se cadastrar no Cadastro Único. Já que essa será a base de dado que o programa usará para pagar os benefícios. Após fazer esse cadastro, deve-se fazer o download do app gratuito “Auxílio Brasil GovBR”, que está disponível para quem usa sistema Android e para quem usa o sistema IOS.

Após baixar o app, basta criar o login com o número do NIS e do CPF. Com o acesso à plataforma, é possível ver se o seu nome já está apto a receber o benefício. Além disso, é possível conferir o calendário de pagamento, entre outras informações sobre o programa.

Considerações finais

O reajuste do Auxílio Brasil 2022 é um ótima maneira de ajudar as famílias de baixa renda por todo o país. Mas vale reforçar, a importância de se inscrever no Cadastro Único e observar se tem direito ao benefício. Em seguida, é preciso baixar o app “Auxílio Brasil GovBR” para fazer essa consulta.

Por fim, é importante destacar que se deve observar se o app é o oficial da Caixa Econômica Federal antes de fazer o download.

Lembre de só solicitar os benefícios de assistência social se realmente preencher os requisitos para isso.

Compartilhe este post:

Este blog utiliza cookies para garantir uma melhor experiência. Se você continuar assumiremos que você está satisfeito com ele.