CAIXA libera R$1 mil e R$3 mil para quem tem nome sujo

CAIXA libera R$1 mil e R$3 mil para quem tem nome sujo

A Caixa Econômica Federal apresenta uma grande oportunidade para quem está com má reputação no mercado neste momento. Os cidadãos podem solicitar empréstimos de até 1.000 reais no banco, de acordo com o banco.

O valor pode chegar a R$ 3 mil caso o cidadão se qualifique como modelo de Microempreendedor Individual (MEI). As estimativas iniciais eram de que o benefício abrangeria cerca de 4,5 milhões de trabalhadores nos primeiros 12 meses de lançamento do programa. No entanto, esse número pode ser maior.

Para pessoa física, o empréstimo estará fixado no valor de R$ 1 mil, com taxa de juros mensal a partir de 1,95% ao mês e 24 meses para pagar. Para conseguir o valor, não será necessário muita burocracia, uma vez que a contratação poderá ser feita diretamente pelo aplicativo Caixa Tem, bastando concordar com os termos do empréstimo e aguardar até sete dias para análise.

O Programa de Simplificação do Microcrédito Digital para Empreendedores (SIM Digital) terá uma grande oportunidade para que microempreendedores individuais contratem o empréstimo de até R$ 3 mil, que poderá ser dividido em 24 parcelas mensais. Os juros são considerados baixíssimos em relação ao mercado, já que as taxas chegam a patamares a partir de 1,99% mensal. A ideia é conceder o valor de até R$ 3 mil para empreendedores com pouco acesso a este tipo de crédito, incluindo quem está negativado junto aos órgãos de proteção ao crédito.

Pessoas físicas e MEIs que exerçam atividade produtiva com renda ou receita bruta anual de até R$ 360 mil. O governo considera que as pessoas físicas são “empreendedores individuais”.

É importante destacar que o valor deverá ser utilizado para o negócio do trabalhador, para aumento do capital de giro, compra de insumos ou investimentos em equipamentos e utensílios que favoreçam o aumento da produção na atividade do trabalhador.

Segundo informações da Caixa, no ato da contratação, o usuário deverá realizar uma declaração de uso da quantia disponibilizada, por meio de um quiz interativo sobre educação financeira e uso consciente do crédito liberado (R$1 mil a R$3 mil).

CAIXA: Liberado até R$ 3 mil para negativados

Qual o limite do empréstimo?

Conforme informado no decorrer da matéria, para pessoa física, o limite de crédito é no valor de R$ 1 mil. O prazo de pagamento é de até 24 meses, com juros a partir de 1,95% ao mês (26,08% ao ano).

Já o MEI terá limite de crédito de R$ 3 mil, com prazo de pagamento de até 24 meses e juros a partir de 1,99% ao mês (26,68% ao ano).

Quando poderei receber o valor do empréstimo?
Segundo informações divulgadas pela CAIXA, o crédito de R$ 1 mil ou R$3 mil, será liberado em até 10 dias, a contar da data de atualização do cadastro. Após aprovação, o cliente poderá realizar a contratação do valor e os recursos que serão creditados imediatamente na conta.

Onde solicito o empréstimo?
O empréstimo de R$ 1 mil para pessoas físicas será liberado diretamente pelo aplicativo do CAIXA Tem. Para quem é MEI, o valor de R$3 mil deverá ser solicitado em uma agência da Caixa.

Posso pedir o microcrédito se estiver com o nome sujo?
O cidadão com o nome sujo poderá solicitar o microcrédito de R$1 mil ou R$3 mil. Terá acesso aos empréstimos inclusive quem está com o nome sujo (negativados) em instituições de análise de crédito, como Serasa e SPC Brasil.

Como utilizar o Caixa Tem?
Depois de baixar o aplicativo, o usuário deverá realizar a atualização cadastral no Caixa Tem. Para isso, o aplicativo solicita que o usuário digitalize o documento de identidade, envie uma foto “selfie” e informe a renda mensal.

No caso do MEI, o crédito deverá ser pedido nas agências. Para contratar, o cidadão deverá ter uma conta na Caixa, ter mais de 12 meses de faturamento como MEI e apresentar comprovante de residência e documentos pessoais e da empresa.

Compartilhe este post:

Este blog utiliza cookies para garantir uma melhor experiência. Se você continuar assumiremos que você está satisfeito com ele.