Concurso Defensor DPE MT 2022: SAIU o edital! Salário de R$24.895,43!

Concurso Defensor DPE MT 2022: SAIU o edital! Salário de R$24.895,43!

Concurso Defensor DPE MT 2022: SAIU o edital! Salário de R$24.895,43!

A Defensoria Pública do Estado de Mato Grosso informa aos interessados ​​a abertura de novo edital (Concurso DPE MT 2022) para preenchimento de 20 vagas na carreira de Defensor. As oportunidades imediatas de emprego são altas com salários superiores a R$ 24.000.

A Fundação Carlos Chagas (FCC) é responsável pelo concurso DPE-MT Defensor 2022. São 20 ofertas de emprego efetivas, de Vagas a . O salário inicial é de R$ 24.895,43, além de outros benefícios inerentes ao cargo que não foram mencionados no concurso público, mas que comporão a remuneração.

Além das ofertas de emprego imediatas, o DPE- MT Concurso para Defensor 2022 terá taxa de reserva para preenchimento de vagas que surgirem dentro do prazo de validade do concurso.

Para se candidatar a uma das vagas do concurso DPE Mato Grosso do 2022, o candidato precisa de um nível jurídico e experiência de pelo menos três anos na prática jurídica.

A prática jurídica consiste em:

  • Exercício de atividade profissional exclusiva de bacharel em Direito;
  • Efetivo exercício de advocacia, inclusive voluntária, mediante a participação mínima em 5 (cinco) atos privativos de advogado, em causas ou questões distintas, a cada doze meses;
  • Atuação como membro da Defensoria Pública, do Ministério Público ou da Magistratura;
  • O exercício de cargos, empregos ou funções, inclusive de magistério superior, que exijam a utilização de conhecimento jurídico, bem como o exercício de atividades de apoio ou assessoria de funções jurídicas nos órgãos administrativos do sistema jurídico do Estado, da Defensoria Pública, do Ministério Público e do Poder Judiciário;
  • O exercício de estágio de Pós-Graduação na área jurídica, devidamente credenciado e reconhecido por lei. Parágrafo único. Para o cômputo do prazo previsto na alínea “e” do item 2.1, do Edital, serão desprezadas atividades realizadas de forma concomitante

Inscrição concurso DPE MT 2022 para Defensor

As inscrições para o concurso DPE MT 2022 para o cargo de defensor serão realizadas entre as 10:00 do dia 11 de julho e as 14:00 do dia 12 de agosto através do site do organizador do banco.< br
A taxa de inscrição para participar do concurso é de R$321.

Provas concurso DPE MT

O concurso DPE MT 2022 para o cargo de Defensor vai contar com várias etapas de seleção, conforme distribuição feita abaixo:

  • Prova Preliminar Objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, sob a responsabilidade da Fundação Carlos Chagas;
  • Provas Escritas Específicas, de caráter eliminatório e classificatório, sob a responsabilidade da Fundação Carlos Chagas;
  • Provas Orais, de caráter eliminatório e classificatório, sob a responsabilidade da Defensoria Pública do Estado de Mato Grosso; e
  • Prova de títulos, de caráter classificatório, sob a responsabilidade da Defensoria Pública do Estado de Mato Grosso.

A prova objetiva do concurso está prevista para acontecer no dia 09 de outubro de 2022. O exame vai contar, ao todo, com 100 questões de múltipla escolha.

Serão três blocos, divididos da seguinte forma:

Bloco I – 33 questões

Direito Civil
Direito Processual Civil
Direito da Criança e do Adolescente
Direito do Consumidor
Direitos Difusos e Coletivos

Bloco II – 34 questões

Direito Penal
Direito Processual Penal
Direito de Execução Penal
Criminologia

Bloco IV – 33 questões

Direito Constitucional
Direito Administrativo
Direito Tributário
Direitos Humanos
Princípios e Atribuições Institucionais da Defensoria Pública

A prova objetiva da competição DPE-MT 2022 para Defensor tem duração de cinco horas e qualquer tipo de assessoria não é permitida, caso contrário será excluída da competição.

As provas escritas, segunda fase da competição, Está previsto para os dias 17 e 18 de dezembro.

Exame Discursivo


De acordo com o edital, somente serão convocados para os exames escritos específicos os candidatos aprovados no exame preliminar objetivo. Esta fase inclui 3 provas discursivas específicas (P1, P2, P3).

As 3 provas escritas específicas estão previstas para as seguintes datas:

  • Primeira Prova Escrita Específica: 17/12/2022, no período da tarde;
  • Segunda Prova Escrita Específica: dia 18/12/2022, no período da manhã; e
  • Terceira Prova Escrita Específica: dia 18/12/2022, no período da tarde.

Prova Oral

Todos os candidatos qualificados nas provas escritas específicas serão convidados para as provas orais.

Esta fase consiste nas apresentações orais dos candidatos pelos examinadores das Secções I, II e III, com perguntas a serão respondidas de acordo com o sorteio do candidato, com duração máxima de 20 minutos cada.

Avaliação de Títulos

A quinta e última etapa convoca os aprovados na etapa anterior.

Último Concurso DPE MT

O último concurso público para a Defensoria Pública de Mato Grosso foi publicado em 2014. Na época, o concurso oferecia oportunidades para universitários e aspirantes. A Fundação Getúlio Vargas (FGV) foi a responsável pelo evento.

As vagas de ensino superior foram destinadas aos cargos de Administrador (04), Advogado (06), Analista de Sistemas (02), Arquiteto (01) e Social Trabalhador (04), contador (06), economista (02), engenheiro civil (01), jornalista (01) e psicólogo (02). No nível médio, havia oportunidades para os cargos de auxiliar administrativo (20) e auxiliar de gabinete (40).

Sobre a Defensoria

No estado de Mato Grosso, a Defensoria Pública foi instituída pelo Decreto 2.262, de 13 de maio de 1998, assinado pelo então governador Dante Martins de Oliveira, mas passou a funcionar em fevereiro de 1999 , com 24 defensores.

Art. 134 da Constituição de 1988, foram criadas as Secretarias Estaduais de Defensoria Pública, mesmo afirmando que são instituições essenciais para a função judiciária do Estado, dando-lhes orientação jurídica e defesa na forma de artes em todos os níveis dos necessitados. 5º da Constituição.

A maioria das Defensorias Públicas no Brasil foi criada logo após a Constituição de 88. O ingresso na carreira se dá por concurso público, com provas e títulos, sendo garantida às Defensorias Públicas Estaduais autonomia funcional e de gestão.

A Defensoria Pública é utilizada para a democratização do judiciário e para a efetividade da Constituição de fundamental importância. O Brasil é o único país que deu tratamento constitucional ao direito de acesso à justiça em caso de insuficiência de recursos.

A Defensoria Pública com seu mandato constitucional, os princípios constitucionais de acesso à justiça e igualdade entre as Partes Garantidoras atua nacional e internacionalmente como uma das mais importantes instituições públicas, essencialmente comprometida com a democracia, a igualdade e a construção de uma sociedade mais justa e solidária.

Compartilhe este post:

Este blog utiliza cookies para garantir uma melhor experiência. Se você continuar assumiremos que você está satisfeito com ele.