DESCONTO de 65% na CONTA de luz para todo o país; saiba quem pode

DESCONTO de 65% na CONTA de luz para todo o país; saiba quem pode

DESCONTO de 65% na CONTA de luz para todo o país; saiba quem pode

Não é segredo para ninguém que a conta de luz tem aumentado constantemente nos últimos dias. Por esse motivo, muitos brasileiros tendem a utilizar a economia de energia para reduzir os altos valores​​na tarifa.

Atualmente é possível obter um desconto de até 65% sobre o valor cobrado Tarifa da Sociedade de Eletricidade (TSE). Para quem não sabe, essa é uma alternativa do governo federal para famílias de baixa renda cadastradas no Cadastro Único (CadÚnico). Atualmente, cerca de 27,3 milhões de pessoas têm direito ao desconto.

Para receber um desconto de até 65% na conta de luz, os interessados ​​devem se cadastrar em uma agência de sua concessionária estadual e apresentar a documentação necessária: RG , CPF, conta de luz atualizada e NIS emitido pelo cadastro do CadÚnico.

No caso de quem ainda não está cadastrado no CadÚnico, devo ir pessoalmente a um escritório do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) em sua Comunidade.

Quem tem direito ao desconto de 65% na conta de luz?

Para obter o desconto na conta de luz, os cidadãos interessados devem cumprir os seguintes requisitos:

  • Ser deficiente e beneficiário do BPC (Benefício de Prestação Continuada); ou
  • Ser idosos com 65 anos ou mais;
  • Compor família inscrita no Cadúnico (Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal);
  • Ter renda familiar mensal por pessoa igual ou inferior a meio salário mínimo (R$ 606); ou
  • Ter renda bruta mensal de até três salários mínimos (R$ 3.363), tendo um membro da família portador de doença ou com deficiência grave precisando de uso permanente de aparelhos elétricos para tratamento.

Desconto da Tarifa Social

A tarifa social de energia elétrica cobre atualmente milhões de famílias brasileiras. O desconto na conta de luz varia de acordo com o consumo mensal de cada família. Veja:

  • Até 30 kWh/mês: 65% de desconto;
  • De 31 kWh/mês até 100 kWh/mês: 40% de desconto;
  • De 101 kWh/mês até 220 kWh/mês: 10% de desconto;
  • Quilombolas que consumirem até 50 kWh/mês: 100% de desconto;
  • A partir de 221 kWh/mês: não há desconto.

Como se cadastrar?

A família responsável pode entrar em contato com uma Agência de Abastecimento de Energia em seu estado e ter em mãos documentos como RG, CPF e Código da Unidade Consumidora. Além disso, é necessário fornecer o Número de Identificação Social (NIS) ou CadÚnico para comprovar o direito ao programa.

No caso de famílias que tenham um membro que necessite absolutamente do uso de aparelhos eletrônicos de apoio ou tratamento de saúde, deve-se apresentar laudo médico.

Lembre-se que o governo federal anunciou recentemente que incluirá automaticamente as famílias que atenderem aos critérios do programa por meio do CadÚnico. Em breve, os cidadãos terão mais informações.

Compartilhe este post:

Este blog utiliza cookies para garantir uma melhor experiência. Se você continuar assumiremos que você está satisfeito com ele.