Dinheiro esquecido nos bancos? será que tenho direito? Confira abaixo mais detalhes

Dinheiro esquecido nos bancos? será que tenho direito? Confira abaixo mais detalhes

Em novo endereço, o Banco Central (BC) proporciona a consultas de valores esquecidos ou deixados em outras instituições financeiras.

Com a sigla (SVR) para “Sistema de Valores a Receber”, tem funções no site: valorareceber.bcb.gov.br e pode ser acessado a qualquer momento.

Anteriormente o site da central Por isso, atendendo à demanda dos usuários e consultas, foi criado um site e uma página exclusiva para consultas e agendamento de atendimento.

Para que o cidadão possa receber o dinheiro, ele deve primeiro e terá conta no portal Gov.br, que dá acesso a diversos serviços públicos digitais.

De forma totalmente gratuita, o usuário pode criar sua conta na seção de login do Gov.br, ação que também pode ser realizada por aplicativos de dispositivos móveis dos sistemas Android e iOS

Após o cadastro, um único login pode acessar no até 3.583 serviços diferentes, dependendo do seu nível de inscrição, que pode ser Bronze, Silver ou Gold.

Isso se deve a diferenças nos níveis de segurança e à complexidade de cada serviço público necessário e para obter e solicitar o restante Para resgatar dinheiro sobrando ou esquecido, você precisa de um nível Prata ou Ouro.

Confira os procedimentos


Há duas etapas a serem tomadas, a primeira é o cidadão fazer a solicitação no site valoesareceber.bcb.gov.br. Basta preencher os dados solicitados no site e no final você verá valores deixados ou esquecidos nos diferentes bancos e outros tipos de organizações financeiras. Esta etapa dispensa o login no portal Gov.br e pode ser realizada a qualquer momento.

Após a consulta, o SVR informará novamente a data de retorno do cidadão no sistema. A partir desta segunda fase, é necessário cadastrar a conta Gov.br para completar o valor da reclamação e solicitar a transferência do saldo.

O usuário é livre para escolher a forma de transferência que pode ser feita por Pix. Caso o usuário não forneça uma Pix key, a instituição financeira pretendida entrará em contato com o usuário para verificar uma possível transferência.

Fique atento ao prazo


Valores abandonados ou esquecidos podem ser devolvidos a partir de 7 de março, e mesmo que o cidadão perca a data definida, ele pode fazer todo o procedimento do zero e assim repetir todas as outras etapas novamente.
Saiba quem tem direito a receber valores esquecidos nas instituições financeiras

Não há restrição ou característica que impeça alguém de consultar valores.

Segundo BC, cerca de R$8 bilhões no mesmo ano para reembolsos de cidadãos brasileiros, para que qualquer pessoa possa consultar o sistema SVR e verificar se há algum valor a ser recebido.

Veja algumas orientações


Para que não haja fraldas, o BC prioriza a informação de que o único site disponível é o seguinte, valorareceber.bcb.gov.br, pois o usuário deve ter muito cuidado e atenção para não acessar as páginas além do acima.

O BC informou e deixou bem claro que não haverá contatos com cidadãos, nem enviará links via SMS, WhatsApp, Telegram ou via e-mail para confirmação de dados Pessoa e usuário ou discussão quaisquer demandas.

O único contato que existirá é caso o cidadão não informe seu Pix para a transferência, sendo assim será feito a comunicação da instituição na qual seu dinheiro se encontra, a mesma não pedirá nenhuma confirmação de dados ou senha.

Assim o BC define e deixa claro o procedimento de resgate de valores deixados ou esquecidos é totalmente gratuito, o cidadão de fato algum deverá gastar seu dinheiro para consultar ou fazer qualquer tipo de saque do dinheiro esquecido, fique atento a qualquer tentativa de pedido nesse sentido que poderá ser golpe.

Compartilhe este post:

Este blog utiliza cookies para garantir uma melhor experiência. Se você continuar assumiremos que você está satisfeito com ele.