Erros de SEO – Cuidado que você precisa ter para evitar

É comum para as pessoas que estão iniciando acabar cometendo erros de SEO e claro, isso pode acabar acarretando muitos prejuízos.

Mas, se você deseja saber quais são esses erros e como evitar essa situação, fique comigo até o final, pois, nesse post, falarei tudo o que precisa sobre.

Boa leitura!

Erros de SEO – Cuidado que você precisa ter para evitar

#1 – Não utilizar o Analytics para poder ver o que converte:

Um bom SEO não se trata apenas da quantidade de visita no site, mas sim sobre a conversão.

Nem sempre as palavras-chave que são super disputadas e tem um alto tráfego é sempre a mais interessante.

Muitas vezes, as frases com baixo tráfego vão converter melhor as suas vendas por ela serem mais específicas e é possível conseguir ranking de primeira página.

Mas, a única maneira de você fazer isso é ranquear, portanto, comece e depois compare-o.

#2 – Focar na quantidade de links em vez de qualidade dos links:

Embora tenha muitas maneiras fáceis de você conseguir um grande volume de links, você precisa focar mais na qualidade.

Um link de um blog popular, pode fazer muito mais pelo seu site no ranking nos mecanismos de busca do que centenas de links de diretório que tenha baixa qualidade.

Claro, esses links de qualidade acabam sendo mais difíceis de serem conquistados, mas é justamente por essa razão que os mecanismos de busca confiam tanto neles.

Portanto, vai buscar por links que:

  • Sejam relevantes para o seu site e o seu segmento;
  • Não tenha muitos links de saída;
  • Não contém links para os sites adultos, farmacêuticos ou jogos de azar.

#3 – Não otimizar para as palavras-chaves certas:

Esse é um dos maiores erros e é muito fácil cair, já que muitas pessoas preferem otimizar o seu conteúdo para:

  • Palavras-chave globais;
  • Palavras-chave genéricas, que atraem pessoas que não tem interesse;
  • Definição de palavras-chave que trazem apenas visitantes gratuitos ao invés de clientes que convertem;
  • Palavra-chave ampla tem muita concorrência.

O melhor é que você seja sempre mais específico, pois, ao se concentrar em palavras-chave genéricas, você pode até obter sucesso, mas isso não vai durar muito tempo.

Não se esqueça que as palavras-chaves certas de causa longa, nunca foi muito simples, mas elas estão aí para lhe ajudar.

#4 – Não ter Tittle tags e meta descrições exclusivas:

Cada página do seu site precisa ter um título exclusivo e isso não tem nada a ver com o SEO.

Portanto, foque em títulos descritivos e exclusivos são muito importantes.

Outro ponto que você precisa se atentar é na meta descrição, pois, elas são uma apresentação de venda para a sua página, nos resultados de pesquisa.

Assim, é essencial que seja mais exclusivo e persuasiva quanto possível, pois, as pessoas desejam clicar no seu listing nos resultados de pesquisa, além de incluir palavras-chave que sejam realmente relevantes.

#5 – Utilizar um conteúdo mal escrito:

Duas maneiras muito comum de você criar uma grande quantidade de conteúdo, incluem contratar escritores de artigos que escrevem conteúdos ruins e spinners de artigos, nunca é uma boa ideia.

Essas duas situações estão longe de ser uma boa ideia.

Claro, esse conteúdo pode vir a ser bem otimizado, mas também precisa pensar na impressão que ele vai dar aos visitantes.

Assim, as pessoas conseguem dizer se o conteúdo é exclusivo e valioso e, se não for, você vai perder a confiança, precisando de um retrabalho.

Portanto, caso necessite contratar um escritor, contrate aqueles que sejam capazes de produzir artigos originais e que você tenha prazer em postar no seu site.

#6 – Repetir muito as palavras-chave:

Se por uma lado, você utilizar mal as palavras-chave com falta de qualidade pode vir a ser um problema, por outro, ficar repetindo ela em excesso também pode acabar te prejudicando na hora de se posicionar.

Essa é uma prática totalmente reprovada e considerada como um web spam pelos buscadores.

Além de deixar o seu conteúdo muito repetitivo, é uma tentativa clara de querer manipular a avaliação dos mecanismos de busca para a página.

Portanto, o ideal é que os seus materiais na internet tenha sempre uma linguagem natural e fluida, preferindo o uso de sinônimos ao invés de focar na repetição.

Depois desse post, espero que você tenha compreendido tudo o que precisa sobre os erros de SEO e claro, como você pode lidar com essas situações.

Caso tenha ficado alguma dúvida sobre o tema, deixe uma mensagem no espaço dos comentários para que eu possa lhe ajudar.

Grande abraço e até o próximo post.

Compartilhe este post:

Este blog utiliza cookies para garantir uma melhor experiência. Se você continuar assumiremos que você está satisfeito com ele.