Novo abono salarial PIS/Pasep será pago ainda este ano? saiba

Novo abono salarial PIS/Pasep será pago ainda este ano? saiba

Novo abono salarial PIS/Pasep será pago ainda este ano? saiba

Até 2020, a complementação salarial do PIS/Pasep era paga no prazo de dois anos, iniciando-se em julho do respectivo ano e prolongando-se até junho do ano seguinte. Porém, em 2021 o benefício não foi repassado.

Até 2020, a complementação salarial do PIS/Pasep era paga no prazo de dois anos, iniciando-se em julho do respectivo ano e prolongando-se até junho do ano seguinte. No entanto, em 2021, o benefício não foi repassado.

O benefício não foi disponibilizado no ano passado porque o governo federal decidiu transferir os recursos utilizados para pagar o PIS/Pasep para um programa de contenção econômica. Portanto, o abono salarial do ano-base 2020 não foi pago até este ano.

Devido ao atraso no pagamento do benefício, muitos trabalhadores acreditam que haverá novo pagamento do PIS/Pasep ainda este ano , neste Caso referente ao ano-base 2021.Haverá uma nova rodada do PIS/Pasep ainda este ano?

Haverá nova rodada de PIS/Pasep ainda este ano?

Até o momento não há previsão de pagamento de bonificação salarial para este ano. Sendo assim, é oferecido o repasse do complemento salarial do ano-base 2021 para o próximo ano.

É importante observar, no entanto, que o sistema de pagamento de benefícios também mudou. Agora o abono salarial é pago no mesmo ano, ou seja, a partir do primeiro semestre.

Como consultar o PIS/Pasep?

O trabalhador pode verificar se tem direito ao PIS/Pasep pelo aplicativo Cartão de Trabalho Digital, disponível para Android e iOS, ou pela Central Alô Trabalho, discando 158.

Além disso, se desejar, você pode consultar nos canais de atendimento do banco onde recebe o benefício: veja:

Para quem recebe o PIS (trabalhador de empresa privada)

  • No Aplicativo Caixa Trabalhador;
  • No site da caixa;
  • Pelo telefone de atendimento da Caixa: 0800 726 0207.

Para quem recebe o Pasep (servidor público)

  • Pelos telefones da central de atendimento do Banco do Brasil: 4004-0001 (capitais e regiões metropolitanas);
  • 0800 729 0001 (demais cidades);
  • 0800 729 0088 (deficientes auditivos).

Dinheiro esquecido:

Você trabalhou em 2019? Então você pode ter direito a receber valores esquecidos no PIS/Pasep. Segundo informações do governo federal, cerca de R$ 200 milhões ainda precisam ser descontados dos mais de 320 mil trabalhadores cadastrados no programa via Ministério do Trabalho e Previdência Social.

Os valores esquecidos pelos trabalhadores referem-se ao PIS/PASEP ano-base 2019. O período de inscrição iniciou em março deste ano.

Para quem se considera elegível ao Abono Salarial PIS/PASEP 2019, basta faça uma solicitação pelo aplicativo Digital Work Card (disponível para Android e iOS). Além disso, é possível entrar em contato com a central de atendimento do Alô Trabalhador, telefone 158.

O trabalhador pode solicitar pessoalmente o dinheiro esquecido do PIS/PASEP entrando em contato com uma unidade regional do Ministério do Trabalho e Previdência Social aplica mais próximo. Atualmente, basta apresentar um certificado oficial com foto.

Além disso, também é possível solicitar uma nova emissão da inspeção estadual do trabalho. Basta enviar um e-mail para o endereço do [email protected], substituindo as letras uf pela sigla do estado em que você mora.

Após o envio, se o pedido for aprovado pelo Ministério, o trabalhador tem até 29 de dezembro , 2022 para retirar. No entanto, caso ainda não efetue a operação, terá de aguardar um novo prazo para efetuar a encomenda, que não está prevista até 2023.

Quem tem direito?

Por ser referente ao ano de 2019, para sacar o benefício é preciso que o trabalhador:

  • Tenha cadastro ativo no PIS/Pasep há, no mínimo, 5 anos;
  • Tenha recebido uma remuneração média mensal de até dois salários mínimos;
  • Tenha trabalhado, em 2019, para alguma Pessoa Jurídica por, por pelo menos, 30 dias;
  • Tenha os dados atualizados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) ou eSocial;

O trabalhador consegue consultar as informações do seu PIS/Pasep através do aplicativo Carteira de Trabalho Digital, disponível para Android e iOS. Aqueles que preferirem, podem ligar para a central de atendimento Alô Trabalhador, pelo número 158.

Na época, a quantia paga foi de R$1.100.

Compartilhe este post:

Este blog utiliza cookies para garantir uma melhor experiência. Se você continuar assumiremos que você está satisfeito com ele.