Pix parcelado é atrativo com juros competitivos

Pix parcelado é atrativo com juros competitivos

Como mais uma forma de aprimorar e popularizar o Pix, bancos e fintechs oferecem a possibilidade de utilizar o Pix como modelo de crédito parcelado. Embora o desenvolvimento da ferramenta seja valorizado por especialistas, principalmente por reduzir a complexidade do parcelamento e reduzir a dependência do cartão de crédito, o cliente deve aderir a esse modelo bem antes de se endividar.

O que o parcelamento do Pix possibilita?


A novidade possibilita que os usuários de instituições financeiras possam pegar crédito para realização de transferências e pagamentos pelo Pix, com possibilidade de parcelamento de 12 a 24 vezes com juros.

Além de ser uma modalidade totalmente digital, outro ponto atrativo é que as taxas de juros são mais competitivas que as normalmente aplicadas por cartões de crédito. Pelo Santander, o juros é a partir de 2,09% ao mês e no Mercado Pago é a partir de 2,5%.

Pix parcelado pode substituir o cartão de crédito?


Segundo Gustavo Moreira ao site Extra, coordenador do MBA em Finanças do IbmecRJ, a tendência que pode aparecer é a migração do parcelamento no cartão de crédito para o Pix. Essa mudança é cogitada por conta da simplicidade do formato.

No entanto, o consumidor deve continuar atento aos riscos do endividamento e da inadimplência. O ideal é realizar os pagamentos à vista porque não possui juros. Caso isso não seja possível, o cliente pode verificar qual o modelo de crédito oferece menor juros.

Vale lembrar que apesar da modalidade Pix Garantido não ter sido lançada pelo Banco Central (BC), os bancos e fintechs não estão impedidos de já ofertarem essa opção para os seus usuários.

Parcelamento do Pix: existe risco de endividamento?


Embora seja bastante atrativo, o parcelamento de Pix ainda é visto como um forma de acumular dívidas só que em formato digital. É o que aponta o coordenador ainda ao Extra.

Segundo Moreira, o recomendável é que o consumidor continue seguindo os mesmos critérios já considerados para compras no cartão de crédito, sempre escolhendo o menor número de parcelas que possam ser pagas.

Compartilhe este post:

Este blog utiliza cookies para garantir uma melhor experiência. Se você continuar assumiremos que você está satisfeito com ele.