Salmão com leite de coco

Salmão com leite de coco

A prática de comer peixe na Páscoa é antiga. As famílias cristãs costumavam se abster de carne na Sexta-feira Santa. Foi o dia em que Jesus foi crucificado, e a carne foi proibida naquele dia. Na Páscoa, a Igreja permitia o consumo de ovos, e a tradição de comer peixe na Páscoa sobreviveu até hoje. 

A fé cristã baseia-se na crença de que o peixe é diferente de outra carne e que reflete os ensinamentos de Jesus

A tradição de comer peixe na Sexta-feira Santa começou quando o Papa proibiu o consumo de carne na sexta-feira durante a Quaresma. Anteriormente, a carne era considerada uma iguaria e apenas abatida durante as festas, mas hoje, comer peixe é considerado aceitável. 

Tradicionalmente, muitos seguidores de Jesus eram pescadores. Os discípulos de Jesus foram informados de que teriam que comer cinco pães e dois pedaços de peixe para alimentar os 5.000. Durante esse tempo, os cristãos se identificavam por suas formas de peixe.

Comida, Salmão, Teriyaki, Peixe, Comer, Prato

A tradição de comer peixe na Sexta-feira Santa é tão antiga quanto o próprio cristianismo. A tradição começou com os cristãos observando a lei de abstinência, que proibia o consumo de carne às sextas-feiras durante a Quaresma. 

Historicamente, nas culturas antigas, a carne era considerada um luxo e só era abatida em ocasiões especiais. Mas hoje, é considerado um alimento comum e é consumido por todos. Tal como acontece com o coelhinho da Páscoa, comer peixe na Sexta-feira Santa é uma parte importante da celebração.

Além das tradições de comer peixe na Sexta-feira Santa, muitas pessoas acreditam que a tradição tem um significado mais profundo. Simboliza o sacrifício de Jesus na cruz e sua ressurreição. 

Além de estar associada às celebrações cristãs, a tradição de comer peixe na Sexta-feira Santa tem um significado religioso. Marca a penitência pela morte de Jesus e seus seguidores. Quando celebramos Jesus na Sexta-feira Santa, celebramos seu sacrifício comendo peixe.

Além da tradição, comer peixe na Sexta-feira Santa é uma boa maneira de honrar Jesus. O sacrifício de Jesus na cruz é um grande motivo para comer peixe na Sexta-feira Santa. Seguindo essas tradições, você pode fazer do feriado um feriado mais significativo. A tradição de comer peixe na Sexta-feira Santa é tão importante quanto o coelhinho da Páscoa, mas também pode ter um significado simbólico para você.

A tradição de comer salmão na Sexta-feira Santa está enraizada no cristianismo

Durante este dia, os cristãos lembram a morte de Jesus neste dia, e essa tradição se estende à comida. Em particular, os cristãos comem peixe na Sexta-feira Santa como sinal de respeito pelo sacrifício de Jesus. 

Na verdade, essa prática foi a primeira vez que a carne foi proibida em uma sexta-feira. Assim, ainda comemos carne na Sexta-feira Santa para honrar este costume, mas temos que ter o cuidado de comer carne nos outros dias da Quaresma.

Outra tradição de comer peixe na Sexta-feira Santa é a tradição de comer peixe na Sexta-feira Santa. Os cristãos comem peixe neste dia como forma de honrar a memória da morte de Jesus. Eles também comem peixe no domingo de Páscoa como forma de celebrar a época da Páscoa. 

Esta tradição é uma parte importante da celebração da fé, e é uma das mais amplamente observadas no mundo. No passado, os cristãos tendiam a comer apenas carne neste dia.

Embora não seja estritamente necessário, é uma prática tradicional para a época da Páscoa. Além de celebrar a ressurreição de Jesus, a tradição de comer peixe na Sexta-feira Santa é um ato penitencial. A celebração de Cristo ressuscitado na Páscoa é uma das mais importantes do calendário cristão. 

Ao longo da história, muitas tradições evoluíram para comemorar a crucificação de Jesus

Este ano, você pode querer levar essa tradição adiante. Você pode tornar essa parte do feriado religioso um pouco mais divertida, incorporando-a em sua próxima refeição.

Durante a Semana Santa, os cristãos são encorajados a dar graças por Jesus. O feriado também nos permite celebrar a vida do Salvador. A parte mais popular da celebração da Páscoa é comer peixe. Embora este seja o dia mais popular do ano, a tradição de comer peixe tem uma história mais rica e complexa. Para muitos, o peixe na crucificação foi um evento importante para os cristãos.

Vamos aprender juntos a fazer esse salmão com leite de coco?

Ingredientes:

  • 1 kg de peixe salmão
  • Sal e temperos a gosto
  • 2 xicara de maionese
  • 1 limão espremido
  • 1 colher de sopa de azeite
  • 1 cebola bem picada
  • 1 colher de amido de milho
  • 1 xicara de chá de leite
  • 2 colheres de sopa de salsinha

Como fazer?

  1. Pegue o Salmão e corte todo ele em fatias bem grossas, coloque todos os seus temperos a gosto;
  2. Deixe descansar por alguns minutos;
  3. Numa frigideira ou panela acrescente azeite, cebola e regue com leite de coco em fogo bem baixo por 10 minutos;
  4. Vá acrescentando todas as postas de salmão e deixe cozinhar, até que você perceba as fibras do peixe saltando;
  5. Pegue outra panela e faça o creme de leite de coco, coloque o leite de coco e amido de milho, vá cozinhando o mesmo até engrossar;
  6. retire do fogo, coloque sob o peixe maionese, e em cima do peixe polvilhe salsa;
  7. Pronto! Sirva e aprecie o prato.

Compartilhe este post:

Este blog utiliza cookies para garantir uma melhor experiência. Se você continuar assumiremos que você está satisfeito com ele.