Vestibular 2022/2: Unemat libera resultado preliminar da prova de redação hoje

Vestibular 2022/2: Unemat libera resultado preliminar da prova de redação hoje

Vestibular 2022/2: Unemat libera resultado preliminar da prova de redação hoje

A Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) publica nesta segunda-feira, 11 de julho, a realização preliminar da prova de redação do Vestibular 2022/2. A prova de redação foi realizada na segunda fase do processo seletivo.

Conforme o edital, a partir de hoje (11) os candidatos podem visualizar seu desempenho pelo portal do candidato.

Conforme o calendário do Vestibular 2022/2, quem quiser contestar o resultado pode recorrer nos dias 12 e 13 de julho. A Unemat, após analisar os recursos, divulgará o desempenho final referente à redação no dia 19 de julho.

O resultado final e o edital dos aprovados no 1.º concurso serão publicados no dia 22 de julho. A Unemat deve publicar ao mesmo tempo, as orientações sobre matrículas.

Como foi o vestibular 2022/2

A Unemat realizou as provas do processo seletivo no dia 12 de junho, das 8h às 13h, para cerca de 9 mil candidatos. O Vestibular 2022/2 foi realizado em uma única fase, que consistiu em duas fases.

A 1.ª fase consistiu em quatro provas objetivas: ciências naturais e suas tecnologias; Matemática e suas tecnologias, humanidades e suas tecnologias e linguagens, códigos e suas tecnologias. A 2.ª fase incluiu um teste de escrita.

Os locais de teste foram em Cuiabá, Alta Floresta, Alto Araguaia, Barra do Bugres, Cáceres, Colíder, Diamantino, Juara, Nova Canaã do Norte, Nova Mutum, Nova Xavantina, Pontes e Lacerda, Rondonópolis, Sinop e Tangara lá Serra.

Vagas

Conforme o edital, a oferta total da Unemat para esta edição do concurso é de 2.430 vagas para 60 cursos de graduação em unidades em 12 municípios.

Também corresponde ao anúncio uma parte das vagas oferecidas no Vestibular 2022/2 reservadas conforme a lei de cotas. Assim, há vagas exclusivas para candidatos que tenham concluído todas as séries do ensino médio em escolas públicas, com proporção para negros, pardos, indígenas e pessoas com deficiência (PcD).

Compartilhe este post:

Este blog utiliza cookies para garantir uma melhor experiência. Se você continuar assumiremos que você está satisfeito com ele.